Ir para o conteúdo principal

Ainá

Guia prático para
proteger as mulheres
da violência em
tempos de CORONA

Baixar o guia
Mulher com megafone
Homem com megafone

Você sabia que a maioria dos casos de violência contra as mulheres acontece dentro de casa e pelo próprio companheiro?* E em tempo de Coronavírus essa situação é agravada pelo isolamento.

  • *76% dos casos de feminicídio acontecem pelo próprio companheiro (Datafolha, 2017)
  • *89% dos casos o abusador foi o marido e/ou namorado. (Datafolha, 2017)

Em alguns casos, a mulher pode ter seu celular ou redes sociais compartilhada com o agressor. Por isso, é importante alguns cuidados:

  • Não falar diretamente por mensagem
  • Ao enviar o material, oriente para que a mulher apague o histórico da conversa;
  • Mude o nome dos arquivos e recomende que sejam guardados em pastas escondidas do celular ou notebook;
  • Também peça para que no ato de denúncia do agressor, a chamada seja apagada do celular
Mão

Onde Encontrar ajuda

Informe o Estado e veja onde solicitar ajuda ou fazer uma denúncia.

Canais oficiais de Brasília

    Megafone

    Como proteger as mulheres vítimas de violência?

    Elaboramos uma planilha com canais de denúncia online em todos os estados. Para acessar clique no botão abaixo. Você também ajuda muito compartilhando nosso material.

    Ah, e lembre-se: na dúvida, ligue 180!

    Baixar o guia Baixar campanha Fazer denúncia online

    Conecte-se com a Ainá

    Siga nossas redes:

    Envie email com sugestões para:

    contatocidadesegura@gmail.com